Páginas

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Esperando meu príncipe de "Zamunda "
Assistindo "Um príncipe em Nova York" ... um clássico de 1988 tão atual quanto qualquer discussão racial em Todo Mundo Odeia o Chris.
Caso não queira assistir nenhum filme de Malcon X ou documentários que ao seu ver são chatos demais p fazer análises raciais, esse filme além de garantir boas risadas, lhe traz leituras raciais interessantes.
No salão Afro a discussão sobre a mudança de nome de "Cassius Marcellus Clay" para Muhammad Ali, me... lembrando a época que eu trabalhava em salões afros entre diálogos alienantantes e politizados.
A venda do produto para cabelo crespo Soul Glo, nada diferente dos produtos que viraram febre no Brasil intitulados "Beleza Natural", que fiquem molhados, cacheados, soltos e sedosos, e "NATURAIS" é claro! !!!! No nível das campanhas "EU AMO SER CACHEADA".
Akin querendo mudar as textura do cabelo com a fórmula natural, para ficar mais parecido com os afroamericanos e conquistar Lisa !
Semana da Consciência Negra na igreja evangélica, apontando para as bundas mais arredondadas das "mulatas afro-americas", algo parecido com o que vemos por aqui ? No mês de novembro? Será ?
Akin, um principe africano que não lava nem seu pênis sozinho, (eu não lembrava dessa cena da serva lavando o pênis do principe), eu hein!
Não lava o pênis sozinho, cita Nietzsche e procura uma mulher preta que não o queira apenas pelo seu dinheiro, e que além de tudo seja politizada, acho que Akin deveria ter vindo ao Brasil "escolher " a princesa de Zamunda!!!

Olha eu aqui ...


Nenhum comentário:

Postar um comentário